terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

untitled

Hoje em dia, não há perspectiva correta, não há certeza, não há futuro.

Planejar é arriscar, sonhar e se machucar.
Eu odeio essa minha mania de aliteração e rima, mas não é de propósito, eu juro.

A verdade é que eu não to inspirado, só precisando descarregar mesmo. 'Viva cada dia intensamente como se fosse o último'.

to hell with it

Não há o que mais me irrite do que esses ditadinhos e tentativas frustradas de motivar felicidade, e perguntas retóricas, isso me irrita mais ainda.

Me irrita a mentira, me irrita a omissão, me irrita o descaso, me irrita o pouco caso.

E, com toda a certeza, me irrita a infelicidade, a infelicidade que contagia, irradia e gangrena de maneira incurável e cada vez mais penetrante. É tão dificil conseguir sorrir por completo e tão mais facil perder esse sorriso e nunca mais recuperá-lo.

A gente anda por aí com nossos sorrisos e motivações falsas que nos fazem acreditar que vai tudo melhor, que basta acreditar. Energias positivas, né?

bullshit.

Não sei mais se acredito na felicidade, não sei mais se acredito nas pessoas, tenho certeza que não acredito mais em mim mesmo, ou no futuro, ou em planos.

Na real? sou a pessoa mais simples do planeta, quem tem problema em me entender é porque não consegue entender a si mesmo, ou continua se enganando.

A gente sempre vai correr atrás do que nos faz mal

aceitar isso agora pode entorpecer no futuro.

Mas como meu coração podre sempre diz, 'a dor é inevitável, o sofrimento é opcional'

O post não fez sentido pra ninguem além de mim, por favor não comentem para mim isso na minha vida real, se eu quisesse falar disso fora da internet, eu teria falado.




Os: I'm not heartbroken, i'm brain damaged

2 comentários:

iarashi disse...

a dor é inevitável, o sofrimento opcional...

odeio essa frase. o problema é o que determina a opção. tem um tipo de pessoa que sempre escolhe sofrer.
e mesmo assim, eu acho que na real essa escolha de `nao sofrimento` é o simples `guardar la num fundo bem fundo,e fingir que nao ta la`

mas ta.
sofrer as vezes é ser sincero consigo mesmo.

e felicidade é tipo pastilha efervescente...
fffff.. e ja foi.

T disse...

Schopenhauer invertido.