terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Just about a month ago.

Foi-se o tempo onde o bem-estar era estar bem.

Não faz muito sentido responder "Não" a um "tudo bem?"

Afinal, refletindo...

- Olá, tudo bem?

- ...hm vejamos: Minha saúde está boa, não estou com problemas financeiros, o trabalho está cada vez mais promissor, estou em um relacionamento estável e minha familia está em completa harmonia, é, não tá tudo bem não.


Parece hipocrisia, coisa de gente mal-agradecida que parece criar problema quando não se tem.

Mas existe algo que vai além do palpável, do comunicável, intangivel e indelevel, é aquele sentimento inexplicavel, que o mais próximo que você consegue chegar do descritível é VAZIO.

Vazio esse que vai aumentando enquanto a gente vai procrastinando algo que não sabemos realmente o que é, mas ele continua aumentando. E quando você acha que conseguiu achar uma maneira de preenche-lo, ele já se tornou grande demais e o espaço ocupado é como tapar o sol com a peneira, não vai deixar de queimar, a diferença é que a dor é mais específica, ou quem sabe mais lenta, o que não ajuda muito também.


e com esse post eu continuo a minha série de sentimentos reprimidos expostos em momentos de troca-de-lua.

3 comentários:

Talita :} disse...

relacionamento estável, seguro e de fácil manutenção? .edd

Iuri, Prazer. disse...

Foi só um exemplo
e olha que na época que eu postei o dalton não existia, agora eu ri

talita :} disse...

eu ri tb